^

topo

Nutrição – Conhecer para transformar - Piracicaba SP

Entenda como a nutrição pode influenciar e ajudar na sua prática clínica

 

Vamos comer comida?
Pode parecer estranho uma pergunta como esta, mas chegamos a uma era em que um gesto tão simples e inato quanto o de alimentar-se virou sinônimo de angustias, dúvidas e confusões.
Não há o que sofisticarmos com conceitos bioquímicos e fisiológicos complexos. Há que lembrarmos que comida é o que a natureza nos deu como um dos pilares de sustentação da nossa existência. E que nosso corpo, enquanto um ser vivo constituído de trilhões de células que usam como matéria prima as substâncias presentes nos alimentos, precisa de comida e não coisas comestíveis cheias de alegações duvidosas.
Os alimentos que ingerimos interferem em nosso funcionamento celular e, consequentemente, em todo o funcionamento orgânico, incluindo a expressão dos genes modulando a forma como estes irão se comportar gerando ou não uma determinada doença.
Esta modulação depende das escolhas que fazemos: podemos ingerir alimentos de verdade com seus ricos nutrientes e nutracêuticos (substâncias protetoras presentes nos alimentos) fornecendo ao corpo exatamente o que ele precisa para encontrar seu equilíbrio ou podemos ingerir produtos industrializados cheios de aditivos alimentares inteiramente estranhos ao organismo humano (xenobióticos) trazendo como consequência um desequilíbrio no estado nutricional gerando inflamações e doenças.
A proposta é resgatar o simples em nossa vida alimentar. Se focarmos na complexidade seremos capazes de achar que algo cheio de coisas sintéticas e que vem em uma embalagem colorida pode ser mais importante do que ingerir uma simples fruta.
E assim vamos caindo na armadilha do consumismo, das ‘invenções de necessidades’ e das alegações mirabolantes de que tal produto é fundamental para você’ e esquecemos do essencial que é a vida que pulsa em nós e que clama por vida de verdade, não artificialismos!
Luciana Aye

Vamos comer comida?

Pode parecer estranho uma pergunta como esta, mas chegamos a uma era em que um gesto tão simples e inato quanto o de alimentar-se virou sinônimo de angustias, dúvidas e confusões.Não há o que sofisticarmos com conceitos bioquímicos e fisiológicos complexos. Há que lembrarmos que comida é o que a natureza nos deu como um dos pilares de sustentação da nossa existência. E que nosso corpo, enquanto um ser vivo constituído de trilhões de células que usam como matéria prima as substâncias presentes nos alimentos, precisa de comida e não coisas comestíveis cheias de alegações duvidosas.

Os alimentos que ingerimos interferem em nosso funcionamento celular e, consequentemente, em todo o funcionamento orgânico, incluindo a expressão dos genes modulando a forma como estes irão se comportar gerando ou não uma determinada doença.

Esta modulação depende das escolhas que fazemos: podemos ingerir alimentos de verdade com seus ricos nutrientes e nutracêuticos (substâncias protetoras presentes nos alimentos) fornecendo ao corpo exatamente o que ele precisa para encontrar seu equilíbrio ou podemos ingerir produtos industrializados cheios de aditivos alimentares inteiramente estranhos ao organismo humano (xenobióticos) trazendo como consequência um desequilíbrio no estado nutricional gerando inflamações e doenças.

A proposta é resgatar o simples em nossa vida alimentar. Se focarmos na complexidade seremos capazes de achar que algo cheio de coisas sintéticas e que vem em uma embalagem colorida pode ser mais importante do que ingerir uma simples fruta.

E assim vamos caindo na armadilha do consumismo, das ‘invenções de necessidades’ e das alegações mirabolantes de que tal produto é fundamental para você’ e esquecemos do essencial que é a vida que pulsa em nós e que clama por vida de verdade, não artificialismos!

Luciana Ayer

Programação

Compreender a Nutrição como um dos pilares de sustentação da vida!

Deixe seu comentário

Em breve nova turma.

TEM INTERESSE?

Cadastre-se e seja avisado de abertura de turmas e receba nossas novidades.
(* campos obrigatórios)

aguarde, estamos finalizando seu interesse.

Detalhes do Ministrante

Luciana Ayer

Luciana Ayer

Especialista em Nutrição Clínica, Co-autora do livro "Nutrição cerebral" e Colaboradora do livro "O cérebro desconhecido"

..
veja mais sobre nosso palestrante.
Luciana Ayer

Luciana Ayer

Especialista em Nutrição Clínica, Co-autora do livro "Nutrição cerebral" e Colaboradora do livro "O cérebro desconhecido"