QUEM SOMOS     |     AS 5 LEIS BIOLÓGICAS      |    QUEM É DR. HAMER      |     CURSOS       |     FORMAÇÃO PROFISSIONAL      |      PROFESSORES     |     TEXTOS E LIVROS       |     VÍDEOS
 
   
  Nota do Dr. Espinosa sobre o “conflito”, “psicológico”, ”emocional”.
   
  Direitos reservados - ConCienciaBio
   
 

   
  << voltar
 

“O Dr Hamer usou inicialmente o termo “conflito” para referir-se aos diferentes tipos de situações que desencadeavam uma resposta de mudança fisiológica/histológica/sintomática nos três planos psique-cérebro-órgão.

Lamentavelmente este termo tem sido utilizado sem uma análise ou reflexão cuidadosa, como sinônimo do que diversas escolas de pensamentos e de psicologia, assim como a linguagem comum, compreendem por “problema”, “conflito”.

No caso do “conflito”, através dos sentidos da palavra está a de uma situação urgente ou um apuro, e é este sentido simples que Dr Hamer quis se referir. Um animal pode ter evidentemente uma situação de urgência ou de apuro “biológico” para sobreviver assim como o ser humano também, e para isso não requer uma análise, intelecto, reflexão ou raciocínio.

Portanto, neste contexto das Cinco Leis Biológicas quando se usa o termo “conflitivo”, como por exemplo na “Conflito”lisis (CL), “massa do conflito”, fase Pós-“Conflito”lisis A (PCL-A) ou “Conflito”de Território, nos referimos a este aspecto “biológico” de “apuro” que partilhamos com todos os seres vivos em situações inesperadas que ameaçam a sobrevivência. Uma análise similar pode ser feita com o termo “emoção” que por sua origem commotio (do latim), indica movimento, balançar, excitação, agitação, impressão, comoção, etc.”

Dr. Luis Felipe Espinosa